sexta-feira, 29 de maio de 2015

Por uma vida melhor para os animais...



A “falta de humanidade” de alguns humanos sinceramente me enoja e a dor que me causa quando vejo um tamanho marmanjo maltratando um ser indefeso por motivos fúteis me entristece.
Eu não sei qual pode ser o problema da sociedade, quando vê a multiplicação de cães e gatos e não pensa nisso como sendo um problema deles mesmos. Pois os cães não “fogem de casa” e decidem viver pelas ruas, vasculhando lixo para se alimentar, ELES SÃO ABANDONADOS, por pessoas incapazes de ter qualqu...er tipo de remorso.
Agora me diga: Você sabe o que acontece com aquele cachorro, ou muitas vezes cadela que você abandona pelas ruas ou em uma BR? Sinceramente você pensa que ele vai se virar sozinho, que vai encontrar uma família e ser feliz?
Isso não vai acontecer! Uma minoria desses bixinhos sobrevive se uma boa alma, um humano de verdade, encontra-lo e leva-lo para um abrigo para ser adotado ou para sua casa, esse será um animal sortudo.
Pois aqueles outros ficam perambulando pelas ruas e BR’s, morrendo de sede e de fome, comendo restos de grãos que caem dos caminhões ou até mesmo carniça, para manter um pouquinho mais de vigor, até não poder mais e por fraqueza cair e ali ficar, no sol e chuva até morrer.
Não sei se morrer de fome e sede pode ser pior do que morrer agonizando por dor depois de ser atropelado por um covarde, que não teve capacidade de parar para socorrer.
Tanta coisa muda na sociedade, tantos conceitos ficam ultrapassados, mas como ainda podem existir pessoas inescrupulosas, sem caráter, capazes de judiar de animais assim.
Quantas vezes já vi e ouvi falar de cães que mordem e acabam sendo castigados ou mortos, por que? Afinal, você treina seu animal para isso, para ser bravo e atacar e quando ele protege o patrimônio é sacrificado?
Quando você deixa o animal acoado e ele reage a culpa é dele?
Eu não falei nenhuma mentira, gostaria e quero fazer mais por esses amores e mostrar a minha indignação já é um pouco.
Se você não pode por algum motivo cuidar mais do seu animalzinho, por todos os momentos bons que ele proporcionou para você e sua família, não o deixe na rua, procure alguém responsável, que queira dar amor para ele de verdade, mas NÃO ABANDONE!
Se você se sentiu ofendido, deve ter culpa no cartório, mas se compartilha da mesma opinião você é humano de verdade.